Programa


7ª Reunião Internacional Medinterna — “Controvérsias em Doenças Autoimunes”

29, 30 e 31 Janeiro, 2009
Fundação Cupertino de Miranda, Porto


Quinta-Feira, 29 de Janeiro

08h30 — abertura do secretariado

09h00 — conferência
Presidente — Paulo Bettencourt (Porto)
Aterogénese nas doenças autoimunes. O que é verdade? — Yehuda Shoenfeld(Telavive)

09h30 — cerimónia de abertura
Conferência Inaugural — Presidente — António Lobo Ferreira (Porto)
In Memoriam Dr. Josep Font: O que podemos fazer para melhorar a sobrevivência dos nossos doentes com doenças autoimunes? — Ricard Cervera (Barcelona)

10h15 — café

10h45 — mesa redonda
Manifestações raras e controversas nas vasculites
Presidente — Freire Soares (Penafiel)
Uveíte — é uma doença sistémica? — Jorge Palmares e Luís Torrão (Porto)
Úlceras digitais e fenómeno de Raynaud — Armando Mansilha (Porto)
Mononeurite multiplex — Maria José Rosas (Porto)

12h00 — debate
Presidente — Carlos Vasconcelos (Porto)
Terapêutica biológica nas doenças autoimunes. Sim ou não?
Sim — Manel Ramos-Casals (Barcelona)
Não — Albert Selva-O’Callaghan (Barcelona)

12h30 — conferência
Presidente — Borges Alexandrino (Coimbra)
Dano vascular no LES — Silvia Bucciarelli (Barcelona)

12h50 — O que aprendemos?
Pérolas da manhã — Carlos Vasconcelos (Porto)

13h00 — almoço

14h30 - conferência
Presidente — Nuno Riso (Lisboa)
Síndrome antifosfolipídea e aterosclerose. Que tem de verdadeiro? — Gerard Espinosa (Barcelona)

15h00 — mesa redonda
Risco vascular e doenças autoimunes
Presidente — José Delgado Alves (Lisboa)
Disfunção endotelial e doenças autoimunes — Pedro von Hafe (Porto)
Factores de risco clássicos e novos nas doenças autoimunes — JJ Rios Blanco(Madrid)
Avaliação diagnóstica por métodos imagiológicos — António J. Madureira (Porto)

16h15 — conferência (Patrocínio Actelion)
Presidente — Carlos Ferreira (Lisboa)
Tratamento das úlceras digitais na esclerodermia. Qual a evidência?
Marco Matucci Cerinic (Florença)

16h45 — café

17h15 — conferência
Presidente — Rodrigues Dias (Braga)
Dislipidemias e lipoproteínas de alta densidade nas doenças autoimunes — José Delgado Alves (Lisboa)

17h45 — caso clínico
“Jovem do sexo feminino com nefrite lúpica, anemia hemolítica, endocardite valvular, neurolupus e SAF secundário“
Presidente — Gerard Espinosa (Barcelona)
Caso clínico — Marilda Santos (Porto)
Discussão — Carlos Vasconcelos (Porto), Carlos Ferreira (Lisboa), Deolinda Portelinha(Coimbra) - Com participação interactiva da audiência

18h30 — O que aprendemos?
Pérolas da tarde — José Delgado Alves (Lisboa)

18h45 — Fim


Sexta-Feira, 30 de Janeiro

09h00 — conferência
Presidente — Jorge Fortuna (Coimbra)
Doenças indiferenciadas do tecido conjuntivo vs síndromes de sobreposição. Existem? — Marta Mosca (Pisa)

09h30 — mesa redonda
Tratamento da nefrite lúpica — futuro baseado na evidência
Presidente — David Isenberg (Londres)
Tratamento da nefrite lúpica nos últimos 30 anos — Frédéric Houssiau (Bruxelas)
O que há de novo no tratamento da nefrite lúpica — João Frazão (Porto)
Tratamento actual baseado na evidência — David Jayne (Cambridge)

10h45 — café

11h15 — caso clínico
“Homem com sarcoma de Kaposi e polimiosite“
Presidente — Isabel Almeida (Porto)
Caso clínico — Ana Caló (Porto)
Discussão — António Marinho (Porto), Cristina Sequeira (Guarda), Gabriela Sousa Vinhas (Lisboa) - com participação interactiva da audiência

12h00 — debate Presidente — José Alves Moura (Coimbra) Todos os doentes com lupus devem tomar hidroxicloroquina? Sim — Manel Ramos-Casals (Barcelona) Não — Fátima Farinha (Porto)

12h30 — conferência (Patrocínio Praxis)
Presidente — Abílio Reis (Porto) Tratamento da hipertensão arterial pulmonar nas doenças do tecido conjuntivo — Júlio Sanchez Roman (Sevilha)

12h50 — O que aprendemos? Pérolas da manhã — António Marinho (Porto)

13h00 — almoço

14h30 — conferência
Presidente — Jorge Martins (Funchal)
Controvérsias na SAF — Munther Khamashta (Londres)

15h00 — mesa redonda
Doenças mistas do tecido conjuntivo. Confusas?
Presidente — Lèlita Santos (Coimbra)
Classificação e métodos de avaliação — Bruno Grima (Lisboa)
Capilaroscopia como um processo dinâmico — Isabel Almeida (Porto)
Envolvimento sistémico e severidade da doença — Isabel Fonseca (Coimbra)

16h15 — café

16h45 — debate
Presidente — Jorge Cotter (Guimarães)
Doente de 25 anos com cefaleias persistentes e títulos altos de anticorpos anticardiolipina (testados em 3 ocasiões). RM cerebral com múltiplas lesões de alta densidade. Como tratar este doente?
Varfarina contínua — Munther Khamashta (Londres)
Só aspirina — Maria José Rosas (Porto)

17h15 — conferência (Patrocínio Octapharma)
Presidente — Manuel Campos (Porto)
Reversão urgente da varfarina com complexo de protrombina — Manuela Carvalho(Porto)

17h45 — caso clínico
“Artrite Reumatóide e poliadenopatias“Presidente — Maria José Serra (Lisboa)
Caso clínico — Ângela Simas (Lisboa)
Discussão — Glória Alves (Guimarães), Anabela Morais (Vila Real), Borges Alexandrino(Coimbra) - com participação interactiva da audiência)

18h30 — O que aprendemos?
Pérolas da tarde — Carlos Ferreira (Lisboa)

18h45 — Fim


Sábado, 31 de Janeiro

09h00 — debate
Presidente — Paula Marques (Porto)
Jovem de 25 anos com LES. É seguro fazer vacinas?
Sim — David Isenberg (Londres)
Não — Juan R Paño Pardo (Madrid)

09h30 — caso clínico
“Jovem com fenómeno de Raynaud, artrite e anticorpos antinucleares positivos“
patroPresidente — Alexandrina Quintino (Lisboa)
Caso clínico — Francisco Silva (Lisboa)
Discussão — Joana Vedes (Guarda), Fátima Farinha (Porto), Isabel Fonseca (Coimbra) - com participação interactiva da audiência

10h15 — conferência (Patrocínio Generis)
Presidente — Fátima Coelho (Porto)
“O que há de novo na doença de Behçet?” — Jorge Crespo (Coimbra)

10h45 — café

11h15 — debate
Presidente — Juan Garcia (Braga)
Todos os doentes com LES tratados com corticóides/imunossupressores devem fazer profilaxia da tuberculose?
Sim — Gil Aguado (Madrid)
Não — Juan R Paño Pardo (Madrid)

11h45 — caso clínico
“Controvérsias num doente com esclerodermia”
Presidente – Ricard Cervera (Barcelona)
Caso clínico — Miguel Angel Plasín (Barcelona)
Discussão — Carlos Ferreira (Lisboa), António Marinho (Porto), Armando Mansilha (Porto)- com participação interactiva da audiência

12h30– conferência de encerramento
Presidente — Luís Campos (Lisboa)
Porque temos doenças autoimunes? — Francisca Fontes (Lisboa)

12h50 — O que aprendemos na reunião?
Presidente — Ricardo Fernández Rodriguez (Ourense)
Pérolas da reunião — Carlos Dias (Porto)

13h00 — almoço de encerramento

Major Sponsors

actelion bayer roche servier

Gold Sponsors

boehringer glaxo merck

Silver Sponsors

abbot astrazeneca cslbehring leo-pharma menarini octapharma omtapharma pfizer phadia sanofi